Notícias e Comunicação

Home Notícias e Comunicação Notícias Avanços laboratoriais no câncer de próstata

Notícias

Avanços laboratoriais no câncer de próstata

 O ex-presidente da SBPC/ML Adagmar Andriolo foi o palestrante da primeira conferência magna do 52° CBPC/ML, na terça, 25. O patologista clínico apresentou o tema – Avanços laboratoriais no câncer de próstata -, no dia 25 de setembro.

A conferência foi iniciada com a apresentação do histórico do câncer de próstata, com ênfase na investigação da doença. Antes da introdução da dosagem do Antígeno Prostático Específico (PSA), o médico informou que o diagnóstico era feito através da apresentação de lesão óssea do paciente e o laboratório apenas confirmava o resultado pela medida das fosfatases alcalina, ácida, fração prostática e pela imunohistoquímica. A grande maioria referia-se ao câncer agressivo.

Além do histórico, Andriolo também abordou os principais marcadores de análise, com destaque para o PSA. Apesar de ser o principal marcador, ele explicou que o PSA tem suas limitações. Detecção precoce, baixa especificidade, número excessivo de biópsias, dificuldade de diferenciar doença indolente de insolente são alguns dos valores clínicos questionáveis do marcador. O palestrante esclareceu que algumas condições – infecção urinária, ciclismo, hipismo, prostatite bacteriana – podem alterar os níveis de PSA e é importante o médico ficar atento.

Também foram destacadas as características do tPSA, PSA livre e PCA3 através de recentes estudos relacionados a esses marcadores.

Veja fotos do Flickr do 52º CBPC/ML em flickr.com/sbpcml.

 

Texto: Patrícia Bernardo/DC Press

 

 

Publicado em 26/09/2018