Notícias e Comunicação

Home Notícias e Comunicação Notícias PALC atualiza limite anual de NC em auditoria externa

Notícias

PALC atualiza limite anual de NC em auditoria externa

O Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) atualizou o limite máximo de Não Conformidades (NC) em auditoria externa. Para 2018 esse limite passa a ser de 22 NC.

Segundo a nova abordagem adotada pelo Programa, o limite é definido com base no desempenho global dos laboratórios com selo PALC durante o ano imediatamente anterior, por meio do seguinte cálculo:

Média + 3 x DP, onde:
• Média: número médio de Não Conformidades registradas em auditorias externas no ano anterior.
• DP: desvio padrão da amostragem de Não Conformidades registradas em auditorias externas no ano anterior.

 

“O PALC tem como um dos seus principais diferenciais a continua atualização de sua Norma com o objetivo de contemplar os requisitos técnicos e incorporar as melhores práticas do mercado de Medicina Laboratorial”, explica Fernando Berlitz, membro da Comissão de Acreditação de Laboratórios Clínicos (CALC) da SBPC/ML.

Segundo ele, uma das principais vantagens da nova abordagem para determinar o número máximo de NC é que ela passa a ser definida com base no desempenho real dos laboratórios acreditados pelo PALC e pode evoluir continuamente alinhada a esse cenário.

Caso o desempenho global dos laboratórios acreditados apresente tendência positiva, isto é, menor número médio de NC — desempenho esperado no PALC a partir da melhoria das práticas dos laboratórios —, o limite máximo de NC em auditoria será reduzido gradualmente acompanhando a tendência global de desempenho apresentada.

“Além disso, a nova abordagem utilizada para cálculo do limite máximo de NC em auditoria está alinhada aos requisitos normativos da ISQua (The International Society for Quality in Health Care), pelos quais a Norma PALC é acreditada desde 2015”, acrescenta Berlitz.

O novo limite máximo de NC para cada período (ano) passa a vigorar a partir do primeiro dia do ano seguinte ao de coleta dos dados e é divulgado no portal da SBPC/ML — seção “PALC”, página “Documentos do PALC” (sbpc.org.br/programas-da-qualidade/documentos-do-palc).

 

Reconhecimento nacional e internacional
Em 2017, a SBPC/ML recebeu acreditação da ISQua, a mais importante organização de âmbito mundial que promove a melhoria da qualidade e a segurança na prestação de serviços em saúde. O selo confere à SBPC/ML o título de Entidade Acreditadora em Saúde reconhecida internacionalmente e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O selo é extensivo ao PALC porque a ISQua reconhece que ele atende aos requisitos da instituição. A Norma PALC é certificada pela ISQua desde 2015.

 

Atuação global
Fundada em 1985, com sede em Dublin, capital da Irlanda, a ISQua é uma organização de alcance global, independente e sem fins lucrativos, que tem como missão incentivar e impulsionar a melhoria da qualidade e da segurança da saúde em todo o mundo através da educação e do compartilhamento de conhecimento, avaliações externas, apoio a sistemas de saúde e interligação de pessoas através de redes globais que abrangem 100 países em cinco continentes.

A ISQua também desenvolve parcerias com o objetivo de aprimorar a prestação de serviços de saúde aos pacientes, suas famílias e às organizações que administram esses serviços. Um dos seus principais parceiros é a Organização Mundial da Saúde (OMS), ao qual a ISQua fornece assessoria técnica e política e compartilha conhecimentos, como parte das iniciativas da OMS.

A ISQua está envolvida na acreditação de instituições nacionais e regionais relacionadas a serviços de saúde em todo o mundo através de um programa internacional de acreditação. Nesse processo são avaliadas as normas das organizações que definem os padrões de segurança e qualidade da saúde.

 

Publicado em 19/01/2018