Notícias e Comunicação

Home Notícias e Comunicação Notícias SBPC/ML comemora 74 anos

Notícias

SBPC/ML comemora 74 anos

Erasmo Lima

Erasmo Lima

No dia 31 de maio, a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial completou 74 anos de atividades. Tudo começou em 1944, a partir da iniciativa do médico Erasmo Lima. Naquele ano surgiu a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC).

Erasmo Lima foi eleito por aclamação como o primeiro presidente e ocupou o cargo também em 1945 – segundo  o estatuto da época, o mandato da presidência era de um ano. Foi reeleito em 1951, com o estatuto modificado, que estabelecia dois anos de gestão.

“Ao completar 74 anos, a SBPC/ML está cada vez mais jovem e atuante. A Sociedade surgiu graças ao pioneirismo e visão do médico Erasmo Lima, que, em 1944, convidou colegas para fundar uma associação científica que reunisse médicos que atuavam em patologia clínica. Podemos dizer que eram tempos heroicos aqueles, porque os processos analíticos eram manuais, o que fazia desses médicos autênticos cientistas, pois não existiam os recursos tecnológicos de que dispomos hoje”, diz o presidente da SBPC/ML, Wilson Shcolnik.

“Sinto-me honrado em presidir a SBPC/ML neste biênio, mais de sete décadas depois de sua fundação. Hoje, a Sociedade está se renovando com a participação de jovens patologistas clínicos que deverão conduzi-la por futuras décadas”, destaca Shcolnik.

Ele acrescenta que “atualmente a SBPC/ML é referência em Medicina Laboratorial no Brasil e em outros países, com reconhecimento de agências governamentais brasileiras e internacionais, comprovado pela inserção de patologistas clínicos brasileiros em grupos técnicos e a obtenção da certificação pela ISQua. Esta posição foi sendo construída e pavimentada por todos os presidentes e diretores que se sucederam, sempre com a valiosa participação dos associados e o apoio das organizações e empresas do setor de Medicina Diagnóstica”.


Evolução

Durante mais de 30 anos a SBPC – ainda sem usar a expressão “Medicina Laboratorial” e a sigla “ML” – ocupou uma sala cedida pela Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, no bairro carioca da Lapa. Em 1976, mudou-se para sua primeira sede própria, uma casa no Rio Comprido, Zona Norte da cidade. No biênio 1996/1997 foi adquirida a sede atual, um conjunto de salas em um prédio comercial no bairro do Catete, localizada na Zona Sul.

A primeira logomarca surgiu em 1965, a partir de uma brincadeira entre membros da diretoria, durante o congresso daquele ano, realizado no Rio de Janeiro. O ratinho assustado com a seringa era uma alusão às cobaias de laboratório. Em 1970 a logomarca passou a representar uma centrífuga. Com algumas adaptações, a logomarca com a centrífuga permaneceu até o biênio 2016/2017, quando foi substituída pela atual, que simboliza a fluidez dos líquidos corporais.

 

A expressão “Medicina Laboratorial”, que representa de forma mais adequada a especialidade médica, passou a ser utilizada oficialmente em 2001.


Programas

Em 1977, surgiu o Programa de Excelência de Laboratórios Médicos (PELM), realizado pela Controllab. Posteriormente, ele passou a se chamar Proficiência em Ensaios Laboratoriais, mas manteve a sigla.

O Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) nasceu e 1998. Hoje, é uma referência no país, reconhecido por agências governamentais do Brasil e por instituições internacionais. Desde 2015, a Norma PALC é certificada pela International Society for Quality in Healthcare (ISQua), a mais importante organização de âmbito mundial que promove a melhoria da qualidade e a segurança na prestação de serviços em saúde. A Norma é atualizada periodicamente e mantém-se em dia com as normativas internacionais.

Em 2006 a SBPC/ML e a Controllab lançaram o Programa de Indicadores Laboratoriais, do qual fazem parte  laboratórios brasileiros e da América Latina. O Programa realiza eventos no Brasil e em outros países.


Publicações

O primeiro número da Revista Brasileira de Patologia Clínica foi editado em 1959, com artigos científicos e técnicos originais. A revista cresceu e passou a se chamar Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial (JBPML). Atualmente ele é bimestral, editado exclusivamente em formato eletrônico e possui um site próprio (jbpml.org.br).

Além da revista científica, a Sociedade sempre procurou manter periódicos informativos enviados a seus associados. Foi assim com o jornal Patologia Clínica News, o Gestão Estratégica em Medicina Laboratorial – inicialmente apenas em formato eletrônico e que depois passou a ser impresso – e a atual revista Notícias-Medicina Laboratorial.

Já há alguns anos, a SBPC/ML lança em seus congressos livros técnico-científicos, com temas importantes para os profissionais de laboratórios clínicos e estudantes ampliarem seus conhecimentos.

Procurando acompanhar os avanços nos meios de comunicação e dos recursos oferecidos pela informática, a SBPC/ML criou seu primeiro site no biênio 1995/1997. Desde então, foram lançados o site exclusivo para o Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (cbpcml.org.br), Biblioteca Digital (bibliotecasbpc.org.br), Lab Tests Online BR (labtestsonline.org.br) e Ensino à Distância (ead.sbpc.org.br).


Título de Especialista

Em 1964, a partir de convênio firmado com a Associação Médica Brasileira, a Sociedade passou a conferir o Título de Especialista em Patologia Clínica (TEPAC). Em 1977, recebeu autorização do Conselho Federal de Medicina para qualificar médicos especialistas em sua área. Atualmente, as provas para TEPAC e TEPAC Especial são realizadas na véspera do Congresso da SBPC/ML, na mesma cidade em que ele acontece.

Você encontra documentos e imagens da história da SBPC/ML no Museu Evaldo Melo, em sbpc.org.br/institucionais/museu.

 

Publicado em 01/06/2018