Notícias e Comunicação

Home Notícias e Comunicação Notícias SBPC/ML emite posicionamento sobre Testes Genéticos Diretos ao Consumidor (TGDCs)

Notícias

SBPC/ML emite posicionamento sobre Testes Genéticos Diretos ao Consumidor (TGDCs)

Documento reúne classificação dos testes e recomendações para aplicação

A SBPC/ML publicou um posicionamento oficial da sociedade a respeito dos chamados Direct to Consumer Genetic Testing (sigla “DTC), termo que foi traduzido como “Testes Genéticos Diretos ao Consumidor” (TGDCs).

A iniciativa foi baseada no Posicionamento de 2019 da Association for Molecular Pathology, de quem a SBPC/ML é afiliada, e devidamente adaptado
ao contexto brasileiro. De acordo com o documento da AMP, testes laboratoriais genéticos direcionados para a tomada de decisões médicas e,
portanto, com possível impacto para a saúde do paciente, só deveriam ser admitidos mediante uma prescrição médica e realizados exclusivamente em
laboratórios clínicos licenciados segundo a legislação estadunidense CLIA (Clinical Laboratory Improvement Amendments), a qual normatiza a realização de exames laboratoriais de alta complexidade.

O documento da SBPC/ML lembra que “nos Estados Unidos não é regra a disponibilização dos laudos de exames laboratoriais diretamente para os
pacientes.” Além disso, reforça que “a sociedade apoia a realização de testes genéticos ou genômicos que ofereçam informações clinicamente úteis e que contribuam para a o diagnóstico ou para a gestão de saúde do consumidor”, desde que atendam as recomendações para qualidade citadas no material.

Para acessar o documento na íntegra, clique aqui